Você sabia que existem medidas que ajudam a melhorar seu sono?


SONO

“O bom sono é um sonho possível”

A maior parte dos distúrbios do sono são possíveis de evitar ou tratar, no entanto, poucas pessoas procuram a orientação de um especialista por desconhecer que agora o sono é uma especialidade da medicina.

Nos slides abaixo, você vai conhecer um pouco da história sobre quando os pesquisadores realizaram as primeiras descobertas sobre a fisiologia do sono, sua classificação, tipos de dormidores, seus efeitos, como é organizado, sobre a insônia e a higiene do sono.

Higiene do Sono – trata de um conjunto de medidas que auxiliam o indivíduo a ter um sono de qualidade e reparador.

Clique no link abaixo para assistir!

Saudações,

Rosana Rocha

INSÔNIA – COMO LIDAR COM ELA


INSÔNIA

INSÔNIA – COMO LIDAR COM ELA

Para a Ciência Mundial, o sono consiste num processo ativo com funções distintas e está subordinado aos hábitos de vida de cada pessoa, bem como, aos padrões biológicos, culturais e sociais.

Nosso relógio biológico é ajustado em um ciclo de 24 horas. O tempo de sono de um adulto é de aproximadamente 8 horas pó dia.

Quais as queixas que o insone apresenta?

- Ele refere sono de má qualidade ou insuficiente;

- Apresenta dificuldade para adormecer e permanecer adormecido;

- Sonolência excessiva diurna.

Quem são os indivíduos mais afetados pela insônia?

O gênero feminino e os idosos.

Quais são as causas?

Elas podem ser de natureza:

Fisiológica: ocorre nos casos de dor, disfunções e pelo uso de drogas;

Ambiental: por ocorrência de ruídos ou ambiente perturbador;

Psicológica: por ansiedade, depressão ou hábitos (quando a pessoa se predispõe a pensar que vai ficar insone).

Como é classificada a Insônia?

Pode ser:

1. Inicial – ocorre quando a pessoa deita e tem dificuldade para iniciar o sono;

2. Intermediária – quando ocorrem diversos despertares noturnos e o sono volta logo;

3. Final – a pessoa desperta bem antes de seu horário habitual e não consegue voltar a dormir.

Como Prevenir?

  1. A pessoa deve procurar um médico especialista em sono para fazer o diagnóstico precoce e iniciar o tratamento;
  2. Praticar uma atividade física supervisionada;
  3. Seguir as orientações da Higiene do Sono (são condutas básicas para propiciar uma noite de sono eficiente – falaremos em outro artigo).

O que fazer?

 

  1. Quando levantar no meio da noite, dê preferência à meia luz através de arandelas, e pequenas luminárias, por causa da baixa intensidade: pesquisas comprovaram que na presença de luz, a taxa de melatonina cai. Trata-se de hormônio produzido na base do cérebro pela glândula pineal que organiza o relógio biológico com relação ao claro e escuro;
  2. Evite ligar o computador (que vai estimular a pessoa a interagir) e a TV por causa dos estímulos pelas imagens;
  3. Não permaneça rolando na cama, levante-se e sente ou deite em outro local até o sono reaparecer;
  4. Evite ingerir alimentos nesse horário, beba algo que induza a sonolência.

Dicas Naturais

 Aipo – sonífero natural;

Gelatina – por ser consumida gelada, ajuda a diminuir a temperatura do corpo e favorece o sono;

Óleo essencial de jasmim – aplicar no pulso antes de deitar;

Faça meditação (a que mais combina com seu estilo) é uma prática que auxilia a mente a afastar pensamentos que causam ansiedade.

ATENÇÃO

Caso persista o problema, procure um médico especialista em Sono – só ele vai oferecer a conduta assertiva para o seu caso.

Evite usar medicamentos para induzir o sono sem prescrição médica!

 

Fonte: ROCHA, Rosana. Palestra Insônia. Associação Paulista de Medicina. São Paulo, 2012.

 

Edição Rosana Rocha