Qual seu lugar preferido da casa?


Slide5

Slide11

A sua casa deve ser seu templo, seu refúgio, sua base para os pousos e decolagens que faz nas diversas áreas da sua vida.

Sua residência pode ser grande, pequena, simples ou ostentosa…; isso não importa.

Slide14

Há sempre aquele cantinho que você passa mais tempo. E não estamos falando só de sofá e TV.

 

Então, qual seu canto favorito da casa?

Slide1

Pode ser um banco no jardim, a janela, a varanda do seu apartamento, sua mesa de jogos ou de desenho, seu canto de jogar basquete, sua penteadeira, sua cozinha, a área gourmet ou simplesmente seu quarto.

Vamos investir nisso?

Slide13Slide4Slide5Slide7Slide9Slide12

Primeiro identifique seu lugar favorito!

Desde os tempos remotos, o homem primitivo se refugiava em cavernas para se proteger de intempéries, predadores e outras adversidades.

Slide16

Slide8

O local da casa onde passamos mais tempo contém nossa energia que fica no ambiente, através: de nossos pensamentos, ideias, gostos para decoração, cores, aromas e nossa personalidade.

Slide6

Slide17

Escolha seu espaço ideal e faça dele seu ponto de reequilíbrio, calibração, reenergização, meditação, reflexão ou qualquer atitude que ajuste os botões de seu bem-estar.

Slide15

Enriqueça esse ambiente com suas fotos – fazendo o que gosta e sorridente.

Slide2

 

Crie uma brincadeira de cores e acrescente plantas ou um ser vivente com o qual se identifique: peixes, aves, e outros.

 

Permita-se deixar o local o mais confortável possível para você desfrutar seus momentos.

Slide18

Slide3

Aproveite esse espaço para fazer reflexões e planejar estratégias a fim de desenvolver suas ideias e projetos.

Lembre-se: todo piloto tem uma base.

Viagem com Academia do Ar - Guarulhos

Feira de Aviação em Sorocada – São Paulo / Brasil – 2002

Somos o piloto de nossa vida e necessitamos da base para o descanso.

Use seu cantinho predileto para recarregar suas energias sempre que precisar.

 

Saudações,

 

Rosana Rocha

 

 

 

 

 

Decoração terapêutica


Carta aos Leitores

                        Renove sua casa

Uma opção econômica e criativa que pode proporcionar bem-estar a você e às pessoas da sua casa ao tempo que embeleza seu ambiente é a renovação da decoração através de técnicas e processos ao alcance de qualquer pessoa.

Ao assistir ao 1º. Congresso Brasileiro Online Jung – “As Terapias e o Novo Milênio”, fiquei fascinada com a complexidade da Arteterapia.

A palestra da Arte-palestrante Valéria Rodrigues esclareceu muito sobre a sua finalidade:

A Arteterapia não tem finalidade artística, intenção artística, nem valor de mercado. Sua intenção é a espontaneidade e que as pessoas se aprofundem em seus sentimentos, emoções…

É evidente que se quisermos realizar um trabalho terapêutico devemos procurar um profissional da área; no entanto, utilizar a arte para renovar nosso ambiente e coisas que usamos também pode trazer bem-estar e ajudar a nos conhecer melhor.

Veja a apresentação em Power Point para ampliar suas ideias. Olhe ao redor e nos cantos escondidos e certamente você encontrará artigos que precisam de um cuidado especial ou de uma nova imagem.

Investigue suas aptidões e invista seu tempo de final de férias ou finais de semana e pratique a terapia de renovar coisas.

A dica de hoje é a Découpage – uma técnica criativa que estimula nossa criatividade e imaginação.

Veja os slides e experimente!

Um abraço,

Rosana Rocha

 

Veja uma receita:

         Material

Peça de metal, madeira ou barro;

Tinta látex – cor a escolher

Fundo branco

2 pincéis; 1 grande e 1 pequeno (de formatos chato, largo e macio)

Verniz Incolor

Verniz naval fosco

Tesoura de ponta fina

Cola branca

2 lixas; 1 fina e outra média (espessura)

 

Procedimento

 

Limpe a peça que será trabalhada.

No caso da madeira pintada ou envernizada – retirar com removedor e lixa.

 

Diluir o fundo branco em aguarrás e aplicar em toda a peça.

Deixar secar e passar a lixa média.

 

Aplicar com o pincel grande uma demão de tinta látex colorida.

Esperar secar e aplicar outra demão.

 

Recortar a gravura escolhida e com o pincel menor, aplicar a cola no verso e fixar na peça.

Alise com um pano macio. Distribua os recortes na peça conforme sua imaginação e estética.

Esperar secar.

 

Com pincel aplicar uma demão de verniz incolor.

Aplicar 3 demãos de verniz naval.

Utilize a lixa fina para uma superfície lisa.

Aplicar mais uma demão de verniz naval.

 

 

Dicas:

Cola – caso utilize guardanapos de découpage adquiridos em lojas especializadas em artesanato, dê preferência a Termolina leitosa. Eu recomendo da Acrilex.

Verniz – sempre espere secar entre uma demão e outra.

 

Contemple sua criação!